De Segunda a Sexta, 300 palavras por dia.

22
Abr 09

- E isto é o quê?
- Isto é o seu mapa de processo, Sr. Amílcar. Uma vez que o seu serviço é repetitivo...
- É, sim, eu faço sempre a mesma coisa...
- Precisamente, só é necessário um mapa de processo.
- E que é que são esses bonecos todos?
- Isto é o fluxograma, que representa o seu método de trabalho. Cada símbolo destes representa uma operação, incluindo o preenchimento dos modelos, para além da tarefa propriamente dita.
- Modelos? Quais modelos?
- Estes aqui. Lá está, como a sua tarefa é sempre a mesma, só precisa destes.
- Mas que é que eu faço com isso tudo? Não estou a perceber nada...
- Bom, este é o modelo C1, serve para registar cada serviço efectuado, incluindo os dados da área preenchida. Este, o C2, regista o procedimento de trabalho normal. O C3 regista as operações de ajuste da matéria prima...
- Isso é o corte da pedra?
- Exactamente, e presumindo que há um número limitado de tamanhos, vai precisar de um C3 para cada um deles. Depois tem o C4, em quadriculado, para registar o padrão de cada trabalho. Há também o G1, que é o relatório de gestão que terá que nos apresentar trimestralmente, bem como aos auditores, e o G2, que serve para indicar ao gestor de processo onde estão guardados todos os documentos.
- Gestor de processo? Mas eu só trabalho com o meu irmão...
- Então terá que ser ele, porque não se pode gerir a si mesmo, não é verdade? Mas pronto. Acho que está tudo. Qualquer dúvida, não hesite em falar comigo.
- Então e fazendo estas coisas todas, fica tudo tratado?
- Fica sim, sr. Amílcar. Depois do processo completo, o senhor passará a ser o primeiro calceteiro certificado pelo Sistema Geral de Qualidade. Parabéns!

publicado às 22:58
Autoria::

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
blogs SAPO