De Segunda a Sexta, 300 palavras por dia.

03
Dez 08

Por esta altura, já deve ser mais que óbvio: Nós não estamos a actualizar este blog, e ainda não surgiram contos novos desde o início do mês.
E há uma boa razão para isso.
Antes de mais, duas coisas:
1) Não, o blog não está encerrado, o projecto Palavras Contadas continua, pelo menos pelo futuro previsível;
2) Peço desculpas por não ter avisado antes sobre o interregno; a responsabilidade é minha, e fui impedido de a cumprir por problemas técnicos.
Pronto, agora que isso está esclarecido, o motivo para o interregno: tirámos Dezembro de férias.
Como já podem ter notado, últimamente alguns dos contos surgem com algumas horas de atraso. Isto é um sintoma de um problema com o qual já contávamos desde o inicio.
A Vida mete-se no caminho.
Começámos este projecto com um número razoável de histórias escritas antecipadamente, e temos vindo a escrever sempre de lá para cá. Mas a Vida interfere, as coisas não correm como queremos, e sejamos sinceros, para além de tudo, escrever um conto por semana, de tamanho fixo, ao longo de meses, pode ser algo desgastante. Consequentemente, já estamos todos a trabalhar em cima do prazo, e às vezes, para lá dele. O que não é ideal. Não só para os nossos leitores, como também para a própria qualidade dos contos. Julgamos que esta não tem sido afectada pela pressão, mas pensamos que é só uma questão de tempo até que isso aconteça.
Sendo assim, decidimos fazer um interregno de um mês. O interregno não é na escrita. Continuaremos a escrever ao longo de Dezembro, e sendo que alguns de nós têm outros projectos já encerrados, até esperamos escrever melhor e mais depressa do que temos feito. No entanto, a pausa de um mês dá-nos um avanço confortável. Um alívio da pressão. Mas nunca uma desculpa para preguiçar.
Para além disso, há algumas ligeiras mudanças que vamos fazer ao projecto, tanto nos bastidores como no próprio blog. Algumas serão mais notadas que outras. Mas disso falaremos num futuro post. Mais ou menos por esta altura na semana que vem, em princípio.
Até lá, agradeçemos a vossa paciência e fidelidade. E garantimos que continuamos a escrever, e a dar o nosso melhor.
Um abraço, de todos nós.

publicado às 19:10

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO