De Segunda a Sexta, 300 palavras por dia.

16
Jan 09

   Sete e meia, o despertador toca e Manuel levanta-se, ensonado depois de uma noitada ao computador a terminar o projecto que, se bem sucedido, poderá conduzir a uma promoção, um escritório maior e ao televisor LCD da SAMSUNG que tem andado a namorar há meses. Liga o portátil para consultar o email da empresa e descobre que a reunião foi mudada para as nove da manhã.

   “Filho da mãe do gajo!”

   O filho da mãe em questão era o João Paulo, que andava a tentar lixar-lhe a vida desde que ele começara a trabalhar na empresa.

   Manuel arranja-se à pressa e sai de casa a correr, com um croissant na boca. Está tão stressado que esbarra com o vizinho do 3ºC, um velho reformado e enlouquecido por quem nutria um misto de pena e repulsa. Os olhos do velho focam-se em Manuel quando este se preparava para lhe dar os bons dias, e repentinamente o velho pula em frente, agarra-lhe os ombros e desata a gritar:

   “O fim do mundo… é o fim do mundo! Ele vem ai! Ele vem ai e traz consigo o fogo da eterna danação!”

   Manuel conseguiu com alguma dificuldade livrar-se do velho. Estava danado, pois não só tinha ficado sem pequeno-almoço mas também tinha-se atrasado ainda mais. Corre para o carro e arranca a toda a velocidade em direcção à via rápida que o levaria para fora da cidade. Meia hora depois, Manuel chega à publicitária onde trabalha. Tinha menos de dez minutos para tirar um café na máquina e seguir para a sala de reuniões. Tempo de sobra para apreciar o belo dia que se estava a compor. Manuel olha para o céu e vê o meteoro flamejante que viaja a 72 Km/s na sua direcção. Menos de um segundo depois Manuel morre.

publicado às 00:01
Autoria::

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO