De Segunda a Sexta, 300 palavras por dia.

25
Mar 09

- ... E sabes qual foi a resposta que eles deram ao mistério? - disse Rafael, não escondendo a sua indignação.
- Não. - Do outro lado do telefone, a palavra veio acompanhada de um suspiro frustrado, mas Rafael ignorou-o.
- "Ah, isso aconteceu assim porque Deus fez com que acontecesse assim! E usou anjos, e tal!" Tu acreditas nisto???
Miguel soltou uma gargalhada.
- Se tu o dizes, eu acredito. Mas é parvo, sim.
- Então não é? Isso é resposta que se dê, por acaso?? "Foi Deus"? É gozar com os fãs!
- Mas ouve lá, não achas que estás a levar a coisa demasiado a sério? É só uma série de televisão, homem...
- Está bem, é. - Apesar do pedido do amigo, quanto mais Rafael falava no assunto, mais se irritava. - Mas bolas, os fãs seguiram a série religiosamente por nove anos! Nove! E a resposta que eles dão a mistérios que duram desde o primeiro episódio é só aquela? E numa série dramática e supostamente realista, ainda por cima, o melhor que eles arranjam é "foi Deus que fez tudo"? Epá, é uma estalada na cara dos fãs, desculpa lá!
- A série sempre foi bastante espiritual...
- Espiritual sim! Mas não literalmente! A ideia não era ser uma série sobre milagres, caramba... - Rafael fez uma pausa. Por mais que a situação o frustrasse, realmente tinha que admitir que estava a fazer uma tempestade num copo de água. - Desculpa, rapaz. Não queria despejar-te isto em cima, mas pronto. Estavas a jeito.
- Não te preocupes com isso. Distrai-te com alguma coisa, mas é.
A chamada não durou muito mais. Os dois amigos despediram-se, e Rafael voltou à sua secretária, para terminar a sua tarefa anterior. Fechou os olhos e respirou fundo, tentando recompor-se.

E voltou aos preparativos da missa que daria no dia seguinte.

publicado às 00:01
Autoria::

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO