De Segunda a Sexta, 300 palavras por dia.

03
Jun 09

A primeira coisa que notei na casa de João foi o ar pesado. Todos os estores estavam fechados, e a sala onde me recebeu estava apenas iluminada pelo monitor do computador.
João contrastava com o ambiente. Sorriso aberto e bem disposto, roupa de cores vivas, embora simples, e um aperto de mão forte e animado.
- Há seis anos - disse, em resposta à minha primeira pergunta. - Não preciso de sair de casa. Tudo o que preciso posso encomendar, por computador ou telefone.
- Mas tem medo do mundo exterior, ou de germes, ou...
- Nada disso. Simplesmente habituei-me ao conforto de viver sempre dentro de casa, e conclui que não há razão nenhuma para sair.
- E não sente falta de vida social? Ou mesmo romântica? A maioria das pessoas tem dificuldades em viver sem o contacto com os outros...
- E eu também tenho. Mas sempre fui algo solitário por natureza, e por isso não sinto tanta falta como os outros. E a falta que sinto compenso online. Eu estou sempre em contacto com os meus amigos, seja por mail ou mensagens instantâneas.
- Bom... Perdoe-me, mas tenho que perguntar. E quanto a sexo?
João riu-se.
- Sexo também se pode encontrar online. Já tive uma namorada que conheci na net, e não é a primeira vez que... encomendo, digamos...
Ao longo de toda a entrevista, João surpreendeu-me com quão bem ajustado estava à sua vida isolada.
Eventualmente, senti a garganta seca, e pedi-lhe água. Ele foi à cozinha, e não resisti a olhar para o sempre aceso monitor, onde estava aberto o Messenger dele.
Todos os contactos dele eram bots, a publicitar sites de webcams eróticas, ou algo de semelhante. Nenhum deles tinha uma pessoa autêntica por trás.
Quanto terminámos, João despediu-se com o mesmo sorriso com que me recebera.
Ainda não sei se o sorriso era suposto enganar-me a mim, ou a ele.

publicado jjnopants às 12:56
Autoria::

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO